Entrevista com o Escritor

Eu abri para perguntas sobre minha vida no Instagram (@rodriggolottus) e no Twitter (@rodriggolottus) e meus poucos seguidores, porém os melhores, me ajudaram a construir minha própria entrevista. Este pequeno texto servirá para você me conhecer melhor.

As perguntas sobre meu trabalho

Quando você descobriu que era escritor? – Marcelo

Acho que não descobri, sempre fui, desde os cinco anos de idade já redigia pequenos textos para teatro, pequenas esquetes que eu e minha irmã brincávamos de atores famosos.

Quantas horas por dia você escreve? – Ana Paula

Geralmente, quando não estou com bloqueio, escrevo em torno de 4 à 5 horas, mas isso depende. Eu tento escrever sem pensar muito, então dependendo muito do dia. Já teve dias que escrevi por mais de 8 horas, a base de café e biscoito.

Já ganhou dinheiro escrevendo? Digo muito dinheiro. – Ana Paula

É uma piada né? Lógico que não. O mercado editorial é extremamente disputado, e geralmente escritores novos ou desconhecidos não tem espaço algum nas editoras famosas.

Seus trabalhos já foram recusados? – Aline

Ihh! Muitos já foram recusados. O meu livro mais vendido já foi recusado, e olha que é best-seller, mais de 5 mil copias, que tive que fazer de forma independente. Por exemplo, editoras vendem Paulo Coelho, porque ele vende bem, não porque é um bom escritor.

Qual seu livro favorito? – Stefany

Tenho alguns, dos que eu escrevi Cartas para ela, de outros autores, acho que tenho alguns como Dom Quixote de La Mancha, de Miguel de Cervantes, e 1984 de George Owrell.

Qual seu autor favorito? – Luana Priscila

Certamente Miguel de Cervantes nos clássicos, e Mark Manson – A sutil Arte de Ligar o Foda-se – dos autores atuais.

As perguntas pessoais

A música que você mais você mais gosta? – Ascencion

Uma música de Wilson Paim, Desassossegos. Escute e você vai entender por que ela é incrível.

O filme que te faz refletir? – Juju

Acho que atualmente é O Poço de  David DesolaPedro Rivero e dirigido por Galder Gaztelu-Urrutia. Me fez pensar muito, refleti por horas este filme. Antes, Efeito Borboleta.

Você tem um momento em sua vida, que você pode dizer que foi um divisor de águas? – Sou Fitness

Há algumas reviravoltas, acho que ter um filho foi um destes momentos. Mas aquele grande momento ainda não aconteceu. Aquele momento que a gente espera acontecer, que nos dá frio na barriga, ele ainda não chegou. Mas sou otimista, vai chegar, e tenho comigo que não vai demorar.

O que pensa sobre o feminismo? – GiraGirassol

São umas idiotas.

Como faz para ser um administrador de pessoas com diversas personalidades? – Ale Gloss

Ainda estou aprendendo. Mas tenho uma receita de bolo. Não confie nas desculpas, aceite sugestões e seja firme nas suas decisões. Se ninguém gostar, ligue o foda-se, e seja feliz. Afinal, ninguém te sustenta.

As perguntas idiotas

Você tem namorada? – Helena

Tenho muitas. Algumas tenho carinho, outras é só tesão mesmo. E como diz o ditado – quem te muitas nada tem. Se é que me entendeu.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *