Onde foram alocados os recursos, prefeito?

No dia 27 de março a Câmara de Vereadores de Piratini destinou 100 mil reais para o Executivo Municipal, como informa o site Piratini News

A população piratiniense quer que você preste contas sobre os recursos que a Câmara enviou. O que foi comprado, por quanto foi comprado e onde está sendo aplicado? São perguntas simples. Se foi usado em cestas básicas para ajudar as pessoas carentes, apresente os resultados, porque muita gente que realmente precisa não recebeu, e se recebeu foi migalhas.

Em grupos do Facebook vejo tantas pessoas pedindo ajuda, será que estes recursos não conseguem alcança-las?

Vale lembrar aqui, que algumas pessoas receberam 2kg arroz, 1 de açucar, 1 litro de óleo, sal e outras poucas coisas. Será que isso custou mais de R$ 30,00? Se custou, tá superfaturado. Se não custou por que quase ninguém recebeu?

E as pessoas do interior? Receberam? Fica evidente que o prefeito Vitão ainda não usou os recursos ou usou para outros fins que não ficou claro. Explique-se!

Deixo claro minha indignação com a atual gestão, lhes falta compreensão, olhar quem precisa e trabalhar para ajudar estas pessoas. Tirar foto lavando uma calçada? Ahh faça me o favor, isso não pode ter consumido todos os recursos. Água, Sabão e desinfetante não são caros meu caro.

Preste atenção prefeito, eu exijo que dê satisfação de onde foi alocado este recurso. Custos e tudo mais. Transparência.

Foto/Reprodução: Maico Borges/Piratini News

Prefeitos reabrem comércio em Piratini e Canguçu.

Quero começar este texto, questionando vossas senhorias, com o único intuito, como chegaram a conclusão de que não é mais necessário o isolamento geral? Até anteontem pregavam empiricamente que o isolamento era o único método eficaz no combate a pandemia. O que mudou? Não precisa responder, esta dissertação responderá.

Apenas com o embasamento político e elitista de que, isolamento salva vidas, já que os mesmos que o defendiam podiam manter-se em casa, levaram a sua própria comunidade ao caos social e econômico. Gerou desemprego, baixa arrecadação de ISS – imposto sobre serviços – e ao pânico descontrolado fazendo a comunidade se aglomerar nos poucos lugares abertos atrás de comida, materiais de higiene e dinheiro.

Foram medidos, foram analisados e foram desconsiderados todos os estudos que não corroboravam com a narrativa de pânico. Cadê os 44 mil mortos do estudo da Imperial College, mesmo em quarentena? Cadê o modelo matemático, que ao invés de provar que 2 + 2 = 4 apresentou 5 como resultado?

Veja que esta narrativa de pânico serviu apenas como política. Apenas e para, tão somente, desestabilizar o Governo Federal a titulo de “salvar vidas”. Foram irresponsáveis, os prefeitos de Canguçu, Vinicius e o prefeito de Piratini, Vitão. Ambos deviam pagar e arcar com o custeio dos desempregados que surgiram neste mês de quarentena. Dois prefeitos, dois irresponsáveis, orientados por um governador que tinha como meta, num estado quebrado, forçar o Governo Federal pagar suas contas. Assim é fácil governar.

Cheguei a informar o Vinícius que não havia nenhum estudo que corroborasse a tese de quarentena em cidades que se quer tinha transmissão comunitária. E aplicar tal isolamento foi ineficaz e estupidamente prematuro. O Vinícius considerei um bom prefeito, já o conheço, mas está tão mal assessorado que pesa aos meus sentidos se houve ao menos um debate entre eles sobre fechar ou não o comércio. Precipitou-se neste norma, colocou a saúde financeira do município em perigo e agora é remendas as duas coisas, como falei, poderia só enfrentar um problema, agora enfrentará dois. O prefeito cometeu o erro de Napoleão Bonaparte, tinha só um inimigo, a Inglaterra, na Batalhe de Waterloo, ele, provocou a Prússia, indo de encontro a ela, dando tempo para o exército inglês ir em apoio, abriu-se então duas frentes de batalha, ao leste com a Inglaterra, e o Norte com a Prússia, sendo derrotado em 1815, e indo parar no isolamento na ilha de Santa Helena.

O mesmo erro cometeu nossos prefeitos, tinha um inimigo, criaram um segundo inimigo sem necessidade, e agora pedem socorro, socorro que sabiam que viria para suas contas, seus salários e suas compras emergenciais. Mas uma cidade não é baseada em um único homem. Não se formam cidades com políticos, se formam cidades com todas as pessoas, e estas pagarão o pato, de um erro, propositalmente elaborado, para que a sociedade ficasse de joelhos. Culpados? Não sei, mas que foram coniventes com o Governador, isto foram.

O colapso econômico em Canguçu e Piratini

Medidas de isolamento social não tiveram efeitos em nenhum país. Vamos analisar dois casos distintos, a Espanha e a Itália. Ambos tomaram medidas distintas, na Itália o isolamento demorou para ser instituído, já na Espanha o isolamento aconteceu logo após os primeiros casos confirmados. No entanto em nenhum dos dois foi possível conter o avanço da doença. Por que medidas distintas não tiveram efeitos distintos? Isolamento social é a melhor medida? O que a Coreia do Sul fez diferente para ter baixo nível de letalidade nos infectados por Covid-19?

Se a gente se espelhar nas atuações dos outros, nos erros dos outros e desta forma evitar cometê-los, podemos salvar pessoas e nossa economia. Um provérbio Chinês diz: “inteligentes aprendem com seus próprios erros, mas os sábios aprendem com os erros dos outros”. Algo similar disse Otto von Bismarck: “Os tolos dizem que aprendem com seus próprios erros, mas eu prefiro aprender com os erros dos outros.” Otto, este grande estadista alemão, foi conhecido pela alcunha de Chanceler de Ferro.

A Espanha decretou quarentena no dia 14 de março no País inteiro, após os primeiros casos confirmados. Não surtiu efeito, o vírus já estava circulando, os casos assintomáticos chegam a 86%, porém estes casos são vetores da doença. Já a Itália relutou, e somente após os primeiros óbitos é que declarou lockdown, tendo o mesmo destino de outros países, como os EUA que já em fevereiro bloqueou aeroportos e navios proibindo a entrada de estrangeiros no país. E também não teve resultado.

Ora, o isolamento social é uma indicação da WHO (OMS) – Organização Mundial da Saúde – por que os cientistas não puderam prever que o isolamento não teria efeito real? Que de fato vimos não ser a melhor estratégia, além de quebrar a micro-economia de um país, gerou desemprego em massa, abusos de autoridade e aumento do pânico na população. Estavam errados. O porquê deles errarem? Simples, o vírus já circula na comunidade bem antes dos primeiros casos se confirmarem, ao menos 10 dias.

Os tolos dizem: “precisamos ficar em casa para diminuir a curva”. Não funcionou em nenhum país, por que funcionaria aqui? Os sábios testariam a população, isolariam os contaminados e a curva, mesmo alta, garantirá o menor número de baixas. Como sei disso? Ora, vi isso acontecer na Coréia do Sul.

Curva de Infectados por Covid-19 na Coreia do Sul – taxa de letalidade é de 1,7%

Lá na Coreia do Sul o isolamento também foi feito, mas foi feito de forma inteligente, os que testam positivo e seus familiares foram para isolamento obrigatório. Nenhum serviço, igreja foi fechada.

Do ponto de vista do pensamento científico, só existe um jeito de acabar com o vírus: imunização da população. O resto é remediar para, inutilmente, ter a falsa sensação controle. Não há controle. Só se controla com imunidade natural ou através de vacinas. O resto é história para boi dormir.

O número de mortes será grande, a quarentena se prolongará por meses, e com isso uma quebra geral, demissões, pessoas com baixo poder aquisitivo, que são maioria, deixam de comprar, se endividarão, e o comercio local, diminuirá ainda mais sua capacidade de contratação. É um efeito dominó que não poderá ser parado. Levaremos, ao menos, dois anos para nos reerguer.

Mesmo que colocássemos todos numa bolha, ninguém sai, não poderíamos permanecer para sempre nela. No que sairmos desta bolha, o surto volta, já que o vírus da Covid-19 está circulando no país.

Sem falar nas filhas nas lotéricas e bancos, nos supermercados e nas farmácias. Nos parentes visitando parentes, nas necessidades hospitalares, nas aglomerações que são naturais do ser humano. O isolamento social não é eficaz.

Um país que segue um corpo científico que está nas últimas posições em estudos sobre a educação, só pode cometer os erros, para assim, depois, se conseguir, aprender. Não observando o que os outros erraram, e ali, tentar corrigir.

Canguçu e Piratini serão engolidos pelas falhas do prefeito Vinicius e do prefeito Vitor.

O fechamento do comércio endividará e quebrará empresas. Irá gerar o mais alto índice de desemprego, mergulhará as duas cidades no colapso econômico, e os prefeitos, ambos, devem ser penalizados nas urnas. Não porque eu quero, mas porque estão cometendo um suicídio eleitoral, a população que trabalha todos os dias para se alimentar não pode ficar parada, se isto ocorre, passam dificuldades e estas dificuldades terão reflexo nas urnas.

Muitos irão morrer de Covid-19 nas duas cidades. Muitos estarão desempregados, muitas lojas fecharão as portas, muitos dos que perderam o emprego cometerão suicídio. Fechar infectados e não infectados em casa, só disseminará o vírus, a curva alta de contágio se dá dentro de casa, não na rua. Se dá em lugares fechados e não abertos.

Coronavírus e o fim da economia local

Se você parar pra pensar, as medidas adotadas por todas as prefeituras do sul do Estado, podem, além de não surtirem efeitos, quebrar empresas, gerando um nível de desemprego e desestabilizar o comércio local.

Na minha cidade Piratini, desde sábado todos os comércios já estavam fechados, o pânico e o medo de contrair a covid-19 assustou a toda população.

Piratini no Sábado

A mídia tradicional, principalmente a Globo, gera pânico na população, mostrando com extremo sensacionalismo número de mortes e infectados. Apenas esquece de mostrar 3 pontos:

1 – baixa letalidade;

2 – numero de pacientes curados;

3 – que medidas de fechamento de comércio não contém a propagação do coronavírus.

Isto posto, quero ressaltar este último ponto, o nível de infectados é muito maior do que os casos computados pelo Governo Federal, isso porque 80% das pessoas que são portadoras do covid-19 não apresentam nenhum tipo de sintoma, e 18% dos infectados tem uma leve gripe. 2% chegam a se hospitalizado, e só 0,4% morrem. E todos que, acabam por vir a óbito, tem outros tipos de doenças, e na sua maioria morrem por falta de leitos, respiradores e falta de estrutura.

Ora, a letalidade é tão baixa que o exagero do fechamento do comércio só vai acabar destruindo a já fragilizada economia do município, não tendo efeito sob a transmissão e propagação do virus.

Não, isso não significa que sou contra o isolamento social, mas contra o fechamento das empresas, do comércio local, acabando de vez com os pequenos empreendedores e autônomos que realmente dependem de seu comércio.

O Intelecto de um Esquerdista/Comunista

Eu costumo ser bem ativo no Twitter, sempre defendo boas políticas, principalmente do Governo Bolsonaro. Ontem, comentei numa tag lá, nem lembro.

Foi quando recebi esta resposta:

Primeiramente não sou “bolsonarista” embora concorde com várias ideias do seu Governo, como porte de arma, abertura de mercado, escola sem partido e etc.. [Explicando para Esquerdistas: Apoio Bolsonaro. Vocês precisam aprender a interpretar textos. Não ser bolsonarista, significa que não tenho bandido de estimação, como vocês tem. Se nosso presidente roubar como Lula, sou o primeiro a ir pra cima. É ruim, ter que explicar tudo pra esquerdistas. ]

Em segundo lugar, o rapaz que comentou pede que eu assista o filme alemão “A Onda”, dizendo que eu ia me identificar. Bom, fui lá tentar me identificar.

O filme A Onda faz uma reflexão sobre a Autocracia – ditadura – para os leigos. E com base nisso, o protagonista que é professor, faz um experimento mental com os alunos. Motivado porque um deles duvidava da volta da ditadura na Alemanha, como foi o Nazismo, Comunismo, Fascismo e o modelo atual Socialismo.

O professor é eleito o Líder do grupo – por votação – e também escolhem um nome para o grupo, “a onda” bem como um cumprimento especial.

Dai o filme desenrola para o discurso do professor no final, após estes alunos cegos pela sua liderança, isto te lembra alguma coisa? Eles começam a se unir contra um mau comum, a principio por pura experiência, a aula do outro professor sobre Anarquismo. Eles picham a cidade com sua logo, se unem, se protegem e começam a sentirem-se melhores que os outros que não fazem parte da Onda. Ta assimilando? Vê alguma semelhança?

A Definição de Fascismo, segundo o filme.

Ideologia atribuída a um líder ou personagem

Assim como no filme, o Nazismo e o Fascismo tinham esta dinâmica. Tinham uma ideologia apregoada por um líder e reverberada pelas massas. Que é exatamente o que acontece, com idolos vermelhos como o assassino, estuprador, conhecido como Chê Guevara, ou pelo político preso por roubar milhões dos cofres públicos, Lula.

Comunicação emotiva e mobilizadora

O que me frustra não é o ódio que as pessoas estão vendendo ou tentando disseminar contra o PT. O que me assusta é um programa como o Bolsa Família ser tão odiado por uma elite que todo dia joga comida fora. – Lula

Um bom discurso com emoção que coloca em evidência um inimigo comum, a fome, o desemprego e as injustiças, por exemplo, foram discursos como este que levaram o nazismo a ser fortalecido na Alemanha e deu a Lula o título de líder dos pobres, enquanto na surdina, os roubava. Levando ao colapso de nossa estrutura democrática.

Existência de elementos visuais para identificação

A suástica nazista é um bom exemplo, a cor vermelha é a cor da atração emocional e do alerta. Um a estrela do PT tão vangloriada em seus “singles” de campanha.

O cumprimento visual Nazista com a mão erguida, e o punho cerrado do comunismo.

Discurso de Ódio aos Ricos e Patrões.

Os discursos contra a meritocracia, alguém que por seu esforço e trabalho conquista um bom padrão de vida. E, possivelmente, emprega uma centena ou mais de pessoas. Com uma falácia comumente usada por quem? Sim, os petistas, esquerdistas – “pobres cada vez mais pobres, e ricos cada vez mais ricos”. Como se ricos fossem maus, e os pobres vítimas destes.

Discursos que causam terror, medo ou pânico.

No discurso final o professor, incita a causa ambiental dizendo que nossa “maior ameaça é o terrorismo” que causamos a nós mesmos, “destruindo nosso planeta”. Te lembra algo?

Controle da Impressa

Controlar a impressa para não disseminar idéias contrárias, controle da mídia é fundamental para regimes autoritários, temos exemplos no século XXI como os regimes da Venezuela e da China. Ou até do plano de Governo do Haddad enquanto candidato a presidência em 2018. Ou no discurso de Lula em um Seminário em Brasilia:

“Um recado para a imprensa: nós vamos ter que dizer que vamos regulamentar os meios de comunicação”,

Lula

Exemplificado no filme, quando alguns alunos membros da Onda recolhem todos os informes distribuídos por alunas que tinham uma visão contrária.

Agora me respondam, o filme é esquerdista? Como podem julgar alguém como “fascista” se o discurso autocrático do filme é o mesmo discurso do petismo no Brasil, do Maduro na Venezuela? Quem realmente é o fascista?

Eu não sou o dono da verdade, acho que muita gente pode discordar de mim, sem que eu fique inimigo, tão pouco preciso ofender o intelecto de alguém, para me sentir superior ou outra coisa fútil.

A verdade é que as lideranças destes partidos enriqueceram as custas do erário público, e difundem ideias autoritárias transvestidas de cunho social.

Sinto pena, quando discuto com pessoas que, por opção, escolhem não ver a realidade mostrada no filme, o comportamento de uma sociedade fascista/comunista, não observando o óbvio, que esta ideologia marxista é, e sempre será autocrática e ditatorial, sem isso o comunismo não é nem aceito.

Nem a China comunista está se aguentando mais, pois em pleno século XXI não é possível esconder tudo o tempo todo, e se rendeu as ideias capitalistas de livre mercado.

Agora se você e seu grupo de esquerdistas nos julgam de intelecto inferior, por não concordarmos com os ideais de socialismo, comunismo. Sinto muito, você faz parte da Onda.

Compartilhe, comente e envie para seu amigo comunista.